Negócios

Quantos Drones foram vendidos em 2014?

Se tem uma coisa que todo leitor do Drone Central já deve saber a essa altura é que a Indústria de Drones está quente – pegando fogo ( talvez essa não seja a melhor metáfora para um drone!). Tanto que 2014 pode ter entrado na história como  o ano em que as vendas de drones começaram a sua curva crescente.

No Brasil, é difícil determinar um número preciso de drones domésticos vendidos devido a ausência de regulação pela ANAC, drones apreendidos pela Receita Federal, ANATEL, etc. Porém, olhando o mercado internacional, sabemos que todos os especialistas fizerem previsões extremamente positivas para o futuro da indústria dos drones. Chris Anderson da 3D Robotics estima que pelo menos 500,000 já foram vendidos nos EUA. A empresa de Anderson deve ter um faturamento de $40 milhões em 2015, o que corresponderia a 53,000 drones vendidos (não contando com os acessórios).

 

drone-brasil

 

Segundo o  Washington Post, a FAA (a ANAC americana) estima que as vendas domésticas de drones vão chegar a $90 bilhões até 2025. “Não estamos falando de drones militares multimilionários. Estamos falando de drones pequenos de menos de $300, feitos para o consumidor comum” disse o Post. A Associação Internacional de UAV reportou que a venda de drones privados vai chegar em $82 bilhões na primeira década, gerando em torno de 100,000 empregos.

Contudo, estimar exatamente quantos drones foram vendidos em 2014 e quanto foi a receita obtida é complicado. O motivo é simples, como essa indústria é relativamente nova, não existem muitos analistas nesse setor fazendo um acompanhamento, mas isso tende a mudar rapidamente.

Segundo reportagem na Fortune, o único obstáculo real que pode parar o avanço dos Drones é a FAA e sua política incerta e regulamentos que estão sempre mudando. Clay Dillow, da Fortune, disse que para a indústria continuar crescendo é preciso que a FAA integre políticas de UAV mais amigáveis.

Pode-se dizer o mesmo para o Brasil, antes de tentar prever se os Drones vão “pegar” por aqui é preciso saber como vai ser a regulamentação da ANAC. Este ano definitivamente promete ser decisivo para o mercado de drones ao redor do mundo.