Vídeos Incríveis

Drones. Vulcões em erupção. Precisamos dizer mais alguma coisa?

Para mostrar seu drone Phantom II, a empresa DJI amarrou a ele uma câmera GoPro, ligou seu sistema de transmissão wireless Lightbridge HD e voou direto para o vulcão em erupção Bardabunga no meio da Islândia. A última vez que o vulcão borbulhou foi em 1910.

“O fato de você pode voar com uma câmera de US $ 1.000 e colocá-la no meio de um vulcão em erupção para capturar vários ângulos desta piscina de lava derretida é bastante surpreendente”, disse Eric Cheng, diretor de imagens aéreas para DJI.

Cheng teve que voar para Reykjavik, dirigir 12 horas, dormir em uma fazenda, acordar e dirigir mais três horas. Ele não tinha permissão para chegar bem perto do vulcão – e provavelmente foi melhor assim. Em uma das passadas do drone, o feed de vídeo foi cortado, e Cheng teve de iniciar a função de “return home”. Quando o drone voltou para ele, a frente da câmera GoPro foi derretida. Felizmente, o cartão microSD sobreviveu, e é por isso que temos este vídeo incrível para assistir agora.

Outro vídeo incrível de vulcão em erupção foi filmado por Shaun O’Callaghan, que enviou seu DJI Phantom 2 também equipado com uma câmera GoPro ao Monte Yasur, um vulcão ativo que fica 361 metros acima do nível do mar e é considerado um dos vulcões mais facilmente acessíveis do mundo.

O drone foi capaz de se esquivar de escombros escaldantes e lava a temperaturas de até 1.200°C, gravar as imagens e ainda retornar com segurança ao seu dono.
O Phantom é um dos drones mais conceituados, pois é muito resistente e tem um tempo de vôo de até 25 minutos, que está bem acima da média.

Aeronaves comuns nunca teriam sido capaz de chegar tão perto de um vulcão ativo, pois a fumaça e detritos representam um grande perigo e podem interferir com motores de aeronaves e lâminas de rotor de helicópteros. Assista o vídeo de Shaun abaixo, que também tem uma ótima música de fundo!